Diocese de Guarulhos

SÃO PAULO - BRASIL

“O Senhor fez em mim maravilhas.” (Lc 1,49)

Mensagem de Páscoa – Dom Edmilson A. Caetano

PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO 2022

Ele não está aqui. Ressuscitou! Lembrai-vos do que ele vos falou, quando ainda estava na Galileia: O Filho do Homem deve ser entregue nas mãos dos pecadores, ser crucificado e ressuscitar ao terceiro dia. Então as mulheres se lembraram das palavras de Jesus. Voltaram do túmulo e anunciaram tudo isso aos onze e aos outros.” (Lc 24, 6-9)

Na proclamação do evangelho desta Vigília Pascal ouvimos este anúncio da ressurreição. Não se trata de uma aparição de Jesus ressuscitado. As mulheres encontram o túmulo vazio e dois homens de roupas brilhantes que fazem o anúncio. O importante é que as mulheres recordam (trazem ao coração) as palavras de Jesus, acreditam e vão anunciar com testemunho de verdade aos discípulos.

Nós também não vimos Jesus ressuscitado “em carne e osso”. Temos o testemunho histórico do túmulo vazio e as palavras de Jesus.

As mulheres ao se recordarem das palavras de Jesus, acreditam e se tornam arautas da boa notícia da ressurreição. Basta a nós, também, a recordação das palavras de Jesus, quando Ele nos chamou um dia em nossa Galileia e tocou o nosso coração falando-nos de vida plena, para acreditarmos que só Ele tem palavras de vida eterna. Nestas palavras – que não são somente sons emitidos, mas atitudes e gestos redentores – encontramos o sentido do amor na nova dimensão, dimensão da Cruz e que é mais forte do que a morte.

É peculiar o fato de as mulheres serem as primeiras testemunhas da ressurreição. Na sociedade daquele tempo (e de certo modo também na nossa), onde a mulher era  subjugada, inferiorizada, Jesus mostra mais uma vez que escolhe os que na sociedade são colocados por últimos para poder abraçar a todos. Ninguém, portanto, que se recorda das palavras de Jesus e acredita na sua ressurreição se sinta excluído, ao contrário, sinta-se escolhido, eleito para um anúncio  transformador.

A Páscoa deste ano de 2022 nos traz um cenário de guerras, revoltas, prepotência. A Páscoa sempre nos colocará frente à morte, para que seja sempre manifesto que a vida venceu a morte. A escolha de Deus para vitória é sempre contrária à dos soberbos de coração. Deus sempre escolhe Israel, seu servo, lembrado de sua misericórdia, depondo do trono faraó e seu exército. A nós, resta-nos a opção da escolha de que lado ficamos: Israel ou o faraó.

SANTA PÁSCOA

O SENHOR RESSUSCITOU!

VERDADEIRAMENTE RESSUSCITOU!

Dom Edmilson Amador Caetano, O.Cist.

Bispo diocesano

 

Confira a mensagem em vídeo:

NOTÍCIAS DIOCESANAS