Diocese de Guarulhos

SÃO PAULO - BRASIL

“O Senhor fez em mim maravilhas.” (Lc 1,49)

Pesquisar

Irmãs Carmelitas Missionárias

Origem das Carmelitas Missionárias:

 

Raízes: Nossas raízes é o encontro místico de Deus com o Profeta Elias.

Os Carmelitas Descalços, chamados também Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo, surgiu no século XI, no Monte Carmelo ( atual Estado de Israel). A palavra “Carmelo significa jardim. Conta a tradição que o profeta Elias se estabeleceu numa gruta, em pleno Monte Carmelo, seguindo uma vida eremítica de oração e silêncio. Nele, e no seu modo de vida, se inspiraram os primeiros religiosos.

Nos anos 1600 na Espanha, Santa Teresa de Ávila e São João da Cruz conduziram um processo de renovação do carisma da Ordem do Carmo. Deste processo histórico e místico surgiu os Carmelitas Descalços.

Nosso fundador é filho desta ordem e nós as Carmelitas Missionárias. Somos fruto do processo de busca e de experiencia interior de Franscisco Palau, Carmelita Descalço, místico e profeta do século XIX. Palau aprofundou, compreendeu o mandamento de Jesus em chave de comunhão: “Amor a Deus e amor ao próximo”, esta intima convicção animou sua vida e sua obra.

A Congregação foi fundada na Espanha em 1861, Chamadas a viver plenamente a graça do Batismo e o dom da nossa vocação eclesial específica, somos consagrados por Deus e convocados em comunidade a seguir Jesus e com Ele anunciar a Boa Nova do Reino, sendo sinais proféticos de comunhão no mundo. Portanto chamadas a viver a centralidade do Misterio da Igreja: contemplação e anuncio da sua beleza e serviço generoso ao corpo mistico de Cristo. O misterio da Igreja é para nós como o prisma atráves do qual contemplamos a realidade da nossa consagração e o serviço aos irmãos.

Com a morte de Francisco Palau 10 anos mais tarde a Congregação das Carmelitas Missionárias era ja uma realidade conformada por varias comunidades, que reune em si o espirito contemplativo em missão e estilo fraterno do Carmelo Tereziano.

 

Orantes fraternas e missionarias:

Espiritualidade: enraizada no Carmelo Teresiano; bebê da fonte de Santa Teresa D’Avila, e São Joao da cruz, más vivida ao estilo de Francisco Palau. A espiritualidade Carmelitano – Palautiana, centra-se na experiência do mistério eclesial como mistério de comunhão: Deus e o próximo. Isso se concretiza no chamado à comunhão fraterna, na atitude contemplativa na relação de amizade com Deus e na escuta de sua Palavra, no espírito missionário, que nos faz ir ao encontro de quem mais precisa.

Vivemos a Eucaristia como centro da nossa vida, realização máxima da união com Deus e com os irmãos. A Eucaristia impele-nos a fazer dela expressão viva na fraternidade e a partilha com os pobres, antecipando assim o banquete universal do Reino. É muito importante Presença de Maria na nossa espiritualidade, Francisco Palau nos ensina a olhar para Maria como figura e tipo perfeito da Igreja, modelo de dedicação à vontade de Deus e de dedicação gratuita e generosa aos outros. O Amor a Maria está na origem do Carmelo, “O Carmelo é todo de Maria”, é Consagrado a Maria.

 

Dimensão Missionaria: impulsadas pelo testemunho de Nosso Fundador, somos chamadas a ir “Onde a glória de Deus nos chame”, para proclamar o Evangelho em todos os lugares; como foi o desejo de Beato Fco Palau: Olhem a Jesus Cristo e a sua Igreja, em especial nas pessoas feridas, crucificadas, desamparadas e perseguidas. E sob esta consideração, oferece-se para cuidar dele e prestar-lhe os serviços que estiverem ao seu alcance”. Dedicar-se a missão é algo urgente e necessário e hoje nossa família religiosa está presente em 39 países, nos 5 continentes.

“A minha missão é anunciar aos povos que a Igreja é infinitamente bela e amável”. No Brasil estamos em Betim (MG) e em Guarulhos (SP), comprometidas nas pastorais sempre a serviço da Igreja como sinal de comunhão. Desta forma a Congregação realiza a sua atividade apostólica na educação, pastorais Sociais, Catequeses, missão ad gentes, tendo sempre presente o legado: “Amor a Deus, amor ao próximo; esse é o coração da minha missão”. Especificamente na Diocese de Guarulhos, estamos na Paroquia Santa Cruz e Nossa Senhora do Carmo, no Taboão.

Chamadas a Ser profetas e sinais visíveis de comunhão significa também avançar na missão compartilhada, valorizando a complementaridade e fortalecendo o sentido comunitário da vida e da missão

Fraternidade: Francisco Palau deseja que as comunidades de irmãs sejam uniões de fraternidades, sendo reflexo da encarnação do mistério de comunhão eclesial, tendo como fundamento a Trindade Santa. Que vivam como as primeiras comunidades cristãs, amando – se umas às outras como Cristo nos ama, aceitando-nos e vivendo a gratuidade da entrega, disponíveis no serviço mútuo. Participamos desse mistério, vivendo e testemunhamos a força do amor colocando em comum nossas vidas, os dons que trazemos, as experiencia espirituais e o trabalho apostólico, reservando momentos de recreios e alegria fraterna.

Fruto da vitalidade do carisma palautiano é o Carmelo Missionário Secular (CMS), associação internacional de leigos com quem partilhamos nosso patrimônio espiritual. Nossa tenda se estende como família através da missão compartilhada com leigos, que colaboram no serviço aos mais necessitados.

Quer saber mais?…entre no Nosso site: https://www.carmelitasmisioneras.org/

 

Irmã Andréia ReisIrmãs Carmelitas Missionárias

NOTÍCIAS E ARTIGOS

Nada te perturbe

Amados, estamos nos aproximando do fim de ano. Reconheçamos a bondade e providência divina em nossas vidas. As vezes somos tomados pelo medo e o