Diocese de Guarulhos

SÃO PAULO - BRASIL

“O Senhor fez em mim maravilhas.” (Lc 1,49)

Escola da Palavra – É tempo de semear!

A Escola da Palavra é uma das prioridades, no eixo-bíblico catequético, para a Diocese de Guarulhos. A ação foi inspirada desde o Projeto de Ação Missionária Permanente (PAMP) da Igreja no Regional Sul 1 da CNBB, estado de São Paulo, no ano de 2004.

Este Projeto apresentou na época que “existem necessidades religiosas que não estão recebendo respostas adequadas por parte da ação evangelizadora e pastoral, mais ainda nas periferias, onde a diminuição do número de católicos é acentuada. Percebeu-se que nas últimas décadas: a) O universo simbólico unitário da cristandade cedeu lugar a interpretações pluralistas, no âmbito pessoal, profissional, político, educacional, moral, social, cultural e religioso. b) Cresce na população a ideia de que todas as religiões são iguais, porque todas buscam a Deus. c) O desenvolvimento da tecnologia, da economia, da cultura e das ideias, pautado pelo secularismo, acaba por negar a ação de Deus na história e considerar alienados os que creem nele”.

O Projeto PAMP verificou ainda que homens e mulheres parecem necessitar de uma religiosidade que conduza suas vidas de forma individualista, mais do que de explicações racionais, e que temos uma cultura fragmentada e carente de sonhos que desafia nossa maneira de evangelizar e espera uma resposta dos bispos, padres, consagrados e leigos engajados.

Isso significa que é urgente assumir a responsabilidade de apresentar aos fiéis a plenitude do Evangelho e as razões de nossa esperança em Jesus Cristo, “com suavidade e respeito” (1Pd 3,15)”.

Assim sendo, uma das propostas bem concretas foi a de “organizar a ESCOLA DA PALAVRA para agentes de pastoral, com ênfase na formação para a missão, com os objetivos de capacitar e habilitar os cristãos leigos e leigas da Palavra e desenvolver habilidades de comunicar a Palavra de Deus”.

Muitas pessoas fogem da Bíblia, e embora tenham alguma curiosidade por ela, acham-na um livro difícil e estranho. No entanto, o conhecimento da Sagrada Escritura conduz ao conhecimento de Jesus. Nas várias experiências da Escola da Palavra, realizadas nas paróquias e foranias da Diocese de Guarulhos, busca-se “saber falar ao coração das pessoas, superando toda as formas de intelectualismo”, conforme nos alertam os bispos do Brasil.

Na Escola da Palavra buscamos vivenciar um caminho de espiritualidade bíblica, centrada na pessoa de Jesus Cristo, que une fé e vida.

Embora falte motivação para uma maior inserção e participação nas Escolas da Palavra, acreditamos que “uma Igreja particular (diocese) terá maior unidade quanto mais contar com as Escrituras para falar de Jesus Cristo, a Palavra que se fez carne”, inclusive porque “antes de mais nada, é preciso sempre ter presente que os interlocutores de uma Animação Bíblica da Pastoral são sujeitos e não somente destinatários”.

De fato, não recebemos a Palavra para guardá-la para nós mesmos. Assim nos ensina Jesus: “O que vos digo no escuro, dizei-o à luz do dia; o que vos sussurro ao ouvido, proclamai-o sobre os telhados!” (Mt 10, 27).

Em unidade com a Igreja, estamos em tempo de Animação Bíblico Pastoral (como “escola de interpretação ou conhecimento da Palavra, de comunhão com Jesus na oração com a Palavra, e de evangelização inculturada (…)” conforme documento de Aparecida, n. 248))!

É urgente e necessário investir na formação de cristãos leigos e leigas, protagonistas da evangelização para contribuir na semeadura da Palavra de Deus nas pastorais, movimentos, equipes, grupos de reflexão, nos grupos de juventudes, grupos de famílias e em especial na Escola da Palavra.

A diocese de Guarulhos já ferece diversos espaços para o aprofundamento e conhecimento da Palavra de Deus: nas Semanas bíblicas paroquias, Escolas da fé, Escola da Palavra por forania (para integração entre os agentes das paróquias), Curso de Teologia na Escola de Ministérios, entre outras inciativas.

Você cristão leigo e leiga, participe em alguma destas ações de formação cristã oferecidas pela nossa Igreja. Não fique de fora! É importante e necessário que tenhamos uma boa e consistente formação bíblica, teológica e pastoral, nos atualizando para os novos desafios da mudança de época.

Os tempos mudam e urge o nosso compromisso com a Palavra de Deus para que, com o nosso testemunho, possamos” ser sal da terra e luz do mundo” (Mt 5,13), Igreja em “saída” rumo às periferias geográficas e existências, levando a Alegria do Evangelho, conforme o convite do Papa Francisco.

Que o Espírito do Senhor Jesus, fonte perene de vida e missão da Igreja, ilumine todas as pessoas que se colocam a serviço do Reino de Deus, especialmente as pessoas que se dedicam na Escola da Palavra em todas as Foranias da Diocese de Guarulhos. É tempo de semear a Palavra de Deus!

 

Celia Soares de SousaCristã leiga e teóloga

OUTRAS NOTÍCIAS