Diocese de Guarulhos

SÃO PAULO - BRASIL

“O Senhor fez em mim maravilhas.” (Lc 1,49)

Visita Ad Limina 2022

O Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que compreende as arquidioceses, dioceses e eparquias do Estado de São Paulo, realizaram, de 19 de setembro a 2 de outubro, a Visita ‘Ad limina Apostolorum’, uma peregrinação aos túmulos dos Apóstolos São Pedro e São Paulo, em Roma.

A visita, a ser realizada pelo episcopado paulista em dois grupos, foi um momento de comunhão eclesial com o Papa Francisco, sucessor de São Pedro Apóstolo.

NO TÚMULO DE SÃO PEDRO
 
No dia 19/09, oficialmente teve início a Visita Ad Limina Apostolorum do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). De hoje, até a próxima sexta-feira, dia 23, os bispos dos sub-regionais Aparecida, São Paulo e Sorocaba terão encontros nos diversos Dicastérios da Cúria Romana.
 
Logo pela manhã, parte do episcopado paulista se reuniu na Basílica de São Pedro para Santa Missa que aconteceu na cripta onde o Apóstolo está sepultado. A celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Aparecida, dom Orlando Brandes que, com seus irmãos, refletiu a dimensão de doação do ministério episcopal e motivou-os no bom êxito das atividades pastorais em suas arquidioceses e dioceses: “com a fé de Pedro, apascentemos o rebanho, não por coação, mas por convicção!”.
 
A programação do dia incluiu a visita no Dicastério para Leigos, Família e Vida, tendo o bispo diocesano de Osasco, Dom João Bosco Barbosa de Sousa, OFM, como relator, e logo em seguida, haverá um encontro no Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, com a relatoria de Dom Carlos Silva, OFMCap, bispo auxiliar de São Paulo.
 
NA CATEDRAL DO PAPA
 
No dia 20/09, os bispos das sub-regiões Aparecida, São Paulo e Sorocaba iniciaram o segundo dia da Visita Ad Limina Apostolorum com Missa na Basílica São João de Latrão. A celebração, realizada na Igreja que é a Catedral da Diocese de Roma, foi presidida pelo cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano de São Paulo.
 
“Renovamos a nossa profissão de fé e também a unidade com o Papa no serviço à Igreja e ao Evangelho”, destacou Dom Odilo ao explicar à equipe ampliada de comunicação do Regional Sul 1 que a Cátedra do Papa representa o ensino da verdadeira fé. Como São Pedro recebeu de Jesus o encargo de confirmar seus irmãos na comunhão, “nós bispos, em nossas dioceses, temos a missão de ensinar a fé e, aqui, manifestamos a colegialidade e a corresponsabilidade”, finalizou o cardeal Scherer.
 
Após a celebração, o episcopado esteve no Dicastério para os Bispos, cujo relator foi Dom Odilo. Ainda pela manhã, a programação prevê a visita ao Dicastério para a Doutrina da Fé, com a relatoria de Dom Pedro Carlos Cipollini, bispo diocesano de Santo André e presidente da Comissão Episcopal Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que leva o mesmo nome do departamento romano. O Dicastério para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica também acolherá os bispos com a relatoria do bispo auxiliar de São Paulo, Dom Ângelo Ademir Mezzari, RCJ.
 
No período da tarde, Dom Wilson Luis Angotti Filho, bispo diocesano de Taubaté, será o relator do encontro no Dicastério para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramento. O itinerário para a noite inclui a oração das Vésperas no Pontifício Colégio Pio Brasileiro (PCPB), espaço destinado à formação de presbíteros do Brasil que estudam em Roma, e reunião com a diretoria da comunidade presbiteral.
 
APÓSTOLO E EVANGELISTA
 
O dia 21/09, começou com a Santa Missa para episcopado das sub-regiões Aparecida, São Paulo e Sorocaba no Hotel onde estão hospedados em Roma para a Visita Ad Limina Apostolorum. Como sucessores dos apóstolos e presididos pelo bispo diocesano de Mogi das Cruzes e presidente do Regional, dom Pedro Luiz Stringhini, os bispos celebraram a memória litúrgica de São Mateus, apóstolo e evangelista.
 
O programa da Visita Ad Limina deste dia contemplou encontros com os dicastérios para o Clero, para a Educação Católica, para a Evangelização e para a Comunicação. As relatorias das visitas serão feitas, respectivamente, por dom José Negri, bispo diocesano de Santo Amaro, dom Carlos Lema Garcia, bispo auxiliar de São Paulo, dom Edmilson Amador Caetano, bispo diocesano de Guarulhos e vice-presidente do Regional, e por dom Tarcísio Scaramussa, SDB, bispo diocesano de Santos.
 
EM QUATRO DICASTÉRIOS
 
A visita ao Dicastério para o Clero, na manhã do dia 21/09, contou com a apresentação da realidade presbiteral nas sub-regiões de Aparecida, São Paulo e Sorocaba. O bispo diocesano de Santo Amaro, dom José Negri, relatou a experiência ministerial dos padres nas 19 dioceses que integram o grupo na Visita Ad Limina 2022.
 
Dom José explicou que, ao todo, nas três sub-regiões, o Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) possui 1.758 padres diocesanos e 1.298 padres religiosos, contabilizando 3.056 ministros ordenados que somam à ação evangelizadora nas dioceses, cuidando das comunidades paroquiais e serviços eclesiais existentes. Os bispo de Santo Amaro também disse dos sacerdotes infectados pela Covid-19 e das conquistas e desafios da Pastoral Presbiteral.
 
No encontro dos bispos com o Dicastério para a Educação Católica, dom Carlos Lema Garcia, bispo auxiliar de São Paulo, falou sobre a atuação da Pastoral da Educação nas dioceses em três partes, a saber, nas escolas públicas, nas escolas católicas e nas universidades. Dom Carlos também ressaltou a inclusão conjunta da Pastoral do Ensino Religioso em algumas realidades.
 
O programa deste dia também abarcou a visita ao Dicastério para a Evangelização. O bispo diocesano de Guarulhos e vice-presidente do Regional, dom Edmilson Amador Caetano, como relator do encontro, falou sobre a experiência no campo da evangelização e da enculturação nas dioceses, e acentuou a importância do Santuário Nacional de Aparecida no processo evangelizador. A inserção na Jornada Mundial dos Pobres também foi enfatizada na apresentação.
 
O NOVO DA COLEGIALIDADE EPISCOPAL
 
O arcebispo metropolitano de Sorocaba, dom Júlio Endi Akamine, SAC, presidiu uma Missa na Basílica Santa Maria Maior. A celebração foi o primeiro momento da Visita Ad Limina do dia 22/09.
 
“A ressurreição de Cristo revela uma nova realidade, é a irrupção do Novo, para além de toda novidade! Trata-se da Nova vida, do Novo ser em Cristo. Cristo ressuscitado transformou total e profundamente o coração humano”, afirmou dom Júlio aos seus irmãos no ministério, reunidos em oração, ao explicar que na Visita Ad Limina, os bispos participam de um ‘Novo’: “experimentamos o Novo da colegialidade episcopal que não é um simples sentimento de solidariedade, mas um estar sempre junto com os irmãos no episcopado”.
 
O arcebispo indicou também que, com as atividades em Roma, os bispos têm a oportunidade de estabelecer comunhão com os colaboradores do Papa nos dicastérios e, ao mesmo tempo, “receber deles informações sobres as esperanças, as alegrias e as dificuldades da Igreja universal”, finalizou.
 
Com a relatoria de dom Júlio, a agenda da tarde contempla a visita à Secretaria de Estado do Vaticano.
 
ENCONTRAMOS PEDRO
 
No dia 23/09, 25 bispos paulistas e um padre administrador diocesano das regiões de Aparecida, São Paulo e Sorocaba tiveram um encontro com o Papa Francisco, que “representa a comunhão universal da fé da Igreja”, como destacou o cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. Atividades de hoje encerram itinerário que contou com agenda em 10 dicastérios da Cúria Romana durante os últimos dias.
 
“Encontramos Pedro, aquele que nos confirma na fé e pelo qual estamos unidos em nosso ministério episcopal”, disse o bispo diocesano de Guarulhos e vice-presidente do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Edmilson Amador Caetano, após a audiência.
Visita Ad Limina 2022: O Regional Sul 1 da CNBB ao encontro do Papa Francisco!
 
Fonte: CNBB – Regional Sul 1
Visita Ad Limina 2022 - Regional Sul 1 da CNBB

OUTRAS NOTÍCIAS