Nota Oficial

A Diocese de Guarulhos, em razão das notícias publicadas na imprensa, sobre investigação aberta contra membro do clero, por seu representante, vem, a público, dizer o que segue:

A Diocese não responde por atos individuais e particulares das pessoas humanas a seu serviço, quando desvinculados dos objetivos específicos de evangelização e salvíficos;

A orientação da Santa Sé e do Papa Francisco, sabidamente conhecida, é de que, nos casos de cometimento de infrações civis, trabalhistas, penais e de outras esferas, por membros do clero, em caráter particular, eles devem ser encaminhados às autoridades da área, para que tomem as providências que julgarem cabíveis;

A Diocese não pode julgar nem se pronunciar sobre os atos particulares acima mencionados, que dependam de investigações e julgamentos de competência da legislação e das autoridades do Estado Brasileiro, soberano no julgamento dos seus cidadãos.

Louvado seja N. Sr. Jesus Cristo!
Guarulhos, 21 de outubro de 2016.

Dom Edmilson Amador Caetano
Bispo Diocesano de Guarulhos

Compartilhe:
Facebook
TWITTER
YOUTUBE
Instagram

Comments are closed.