Homenagem para nossa Coordenadora do Núcleo CENPLAFAM Guarulhos que foi vitima do COVID 19

Homenagem para nossa Coordenadora do Núcleo Cenplafam Guarulhos que foi vitima do Covid 19 no domingo de Páscoa (12/04) deixando o esposo, 03 filhos e este belíssimo testemunho:

“Conhecemos o MOB enquanto noivos na formação para nosso matrimônio através de nossos instrutores Roseli e Norival e durante está formação tomamos a decisão em seguir a indicação da Santa Igreja. E assim aconteceu, com cinco meses de casados descobrimos que fomos abençoados com nosso primogênito e decidimos que não saberíamos o sexo, só após o nascimento confirmamos, Gianlucca veio transformar nossas vidas e nosso senso de responsabilidade e assim decidi estudar o MOB mais profundamente e durante a amamentação do Gianlucca comprei meus livros e fui até a cenplafam fazer minha primeira formação, conheci nossa santinha Irmã Martha e também a minha segunda instrutora Maria.

Ao descobrir que eu estava na formação a Roseli ficou muito feliz e indicou que nós os ajudasse na pastoral familiar, ali muito aprendemos, crescemos como família e naquele tempo os casais não botavam muita fé em
nossas palavras, mesmo assim Deus nos confiou o suficiente para nosso aprendizado como instrutores. Após cerca de um ano aproximadamente Deus preparou nossa união com outros instrutores de Guarulhos e a caminhada do núcleo começou, como foi bom encontrar outros “loucos”.
Quando Gianlucca tinha 3 anos e falava como adulto, mesmo sem condições financeiras favoráveis percebemos que era tempo de tentarmos nosso segundo filho e aí após cerca de três ciclos fomos abençoados, desta vez tive a graça em ser acompanhada por Irmã Martha durante o pré-natal, enfermeira obstetra para quem não sabe. Também optamos em não saber o sexo, somos estranhos mesmo! E tive a graça de um parto natural pós cesárea, graças às orações e instruções de nossa Marthinha para Nossa Senhora das Graças.
Nosso Jonas Myguel chegou para alegrar ainda mais nossa família, vovó e vovô, após a perda trágica de meu irmão Altair, voltaram a sorrir. Gianlucca ganhou seu amigo e companheiro nas brincadeiras e nós ganhamos
mais responsabilidade. Após cinco anos e sempre abertos à vida através do MOB, Deus nos mandou nosso primeiro anjo que com poucas semanas de gestação retornou aos braços do Pai, só sei que ele existiu graças a ajuda da Heloísa da CENPLAFAM que pediu para eu fazer um exame após um sangramento estranho, soube que existiu já após sua partida. Esse nosso anjo curou minha saúde ginecológica e hormonal, tivemos a certeza que queríamos um terceiro filho.
O tempo passou e em 2013 e fomos visitados pela graça mais uma vez e após 9 semanas descobrirmos a dor em não ouvir os batimentos cardíacos em um ultrassom e o procedimento duro da curetagem. Está nossa quarta gestação foi um momento que Deus nos fez amadurecer muito e percebemos o valor da Cruz da missão em ser família nos tempos atuais. No entanto nosso Senhor sempre transforma um momento duro em bem,  vivemos um congresso Internacional da CENPLAFAM e pudemos sentir alegria em sermos de Deus naqueles dias.
O serviço na Igreja e o viver para as famílias continuou, formações, grupos de jovens, encontros de casais em Guarulhos e na Grande São Paulo, reuniões do núcleo, ganhos e perdas, mas muito mais vale cada família nova, cada novo “bebê billings” que nasceram nesse tempo, cada casal que descobriu a fertilidade no serviço ao próximo ou na adoção.
Em nosso aniversário de 15 anos de casados Deus mandou nossa quinta gestação, agora acompanhada por todos exames e um excelente médico findou com o nascimento de nossa princesa, Evelyn Cecília, nome escolhido para homenagear as Santas Dra. Evelyn Billings e nossa Marthinha, irmã Cecília. Nossa sexta gestação pertence ao Senhor, assim como todas as que ele nos reservar e o MOB é nossa consciência em buscar entender a vontade do Senhor nas alegrias e dificuldades por todo esse tempo.
Se você leu até aqui lembre-se em agradecer sua fertilidade ou a falta dela, ofereça ao Senhor suas tormentas em nome de tantas famílias que precisam, e saiba muitas precisam! Salve Maria!”
Saudades!
Compartilhe:
Facebook
TWITTER
YOUTUBE
Instagram

Categories: Diocese,Notícias

Comments are closed.