Cerimônia Exequial da Irmã Maria da Glória

Na manhã do dia 10 de junho, aconteceu no Salão Paroquial de Bonsucesso, a cerimônia Exequial da Irmã Maria da Glória, que faleceu aos 92 anos, em São Paulo, na manhã do dia anterior.

Fizeram-se presentes para prestar suas últimas homenagens, diversos sacerdotes da Diocese de Guarulhos, entre os quais, o Pe. Antonio Bosco, Vigário Geral da Diocese, bem como todas as irmãs integrantes da Congregação das Irmãs Paroquiais de São Francisco, familiares, amigos e inúmeros paroquianos do Santuário de Nossa Senhora do Bonsucesso. A Missa foi presidida por Dom Sergio de Deus Borges, Bispo auxiliar da Região Santana.

Durante a homília feita por D. Sergio, ele ressaltou: “O Senhor prepara um lugar para nós. É necessário reconhecermos através da Palavra de Deus, um caminho que nos prepara a esse encontro com Deus” . Lembrando um pouco sobre a trajetória da Irmã Maria da Glória, ele nos diz: “Ela desde sempre foi feita para a glória de Deus, e por isso, ela aceitou viver e sempre viveu intensamente sua vocação e a fé em Jesus Cristo”.

Irmã Maria da Glória Monteiro, foi co-fundadora da Congregação das Irmãs Paroquiais de São Francisco. Nascida em 26/08/1922, na cidade de Valença/RJ ingressou na Congregação aos 30 anos de idade. Realizou sua Primeira Profissão de fé, em 08/12/1953, sendo que nesta data, devido ao seu SIM à vocação religiosa, fundou-se assim, a Congregação das Irmãs Paroquiais de São Francisco.

Nas Paróquias por onde passou, divulgou a devoção à Nossa Senhora com as capelinhas e a oração do santo terço. Era devota do Sagrado Coração de Jesus.

No inicio de sua vida religiosa, trabalhou com animação litúrgica, catequese e secretariado paroquial. Sua atuação pastoral também se deu no âmbito familiar, dos grupos de rua e com a pastoral da criança.

Sendo obediente aos trabalhos da congregação e à sua missão vocacional, trabalhou nos estados de RJ, SP e PR.
Após a cerimônia das exéquias, todos que se fizeram presentes no velório, seguiram em cortejo, a pé, até o cemitério Nossa Senhora do Bonsucesso, local em que Irma Maria da Gloria foi sepultada.

As informações são de Luciana da Silva e os registros realizados pela Marleide Araújo, da Pascom do Santuário de Nossa Senhora de Bonsucesso.

Compartilhe:
Facebook
TWITTER
YOUTUBE
Instagram

Categories: Diocese,Notícias

Comments are closed.