Cerco de Jericó na Paróquia Santa Cruz e Nossa Senhora Aparecida

0
Entre os dias 06 e 12 de Abril, aconteceu em nossa Paróquia, o 1º Cerco de Jericó, promovido pela Renovação Carismática Católica (RCC). Este evento teve como tema: “Livrai-nos do mal” e buscou fazer com que os fiéis levassem, aos pés de Cristo Ressuscitado, as suas necessidades.
 
O Cerco foi dividido em 7 noites. Sendo, cada uma delas, realizada em uma Capela diferente. Durante todos as celebrações do Cerco, havia um recipiente para coletar as intenções dos fiéis.
 
Com o tema “Livrai-nos do mal”, em cada noite foi tratado um Pecado Capital, totalizando 7.
 
Na Segunda Feira (06/04), deu-se início ao Cerco de Jericó, com a Adoração ao Santíssimo Sacramento e Santa Missa, presidida por Padre Salvador, na Capela Santíssima Trindade. Nesta noite, foi trabalhado o pecado da preguiça e sua consequência nas nossas vidas, social e religiosa.
 
Na Terça Feira (07/04), tivemos o segundo dia do Cerco, com Adoração e Santa Missa, presidida por Padre Salvador, na Capela São Benedito. Nele, nosso Pároco trabalhou a temática da inveja e como ela atua em nossa vida.
 
Na Quarta Feira (08/04), aconteceu o terceiro dia do Cerco, com Adoração e Santa Missa na Capela São Luiz Gonzaga. A temática trabalhada desta vez foi a da soberba e sua influência com nossas relações sociais e nossas atividades religiosas.
 
Na Quinta Feira (09/04), a Capela Nossa Senhora Aparecida acolheu o quarto dia do Cerco, com Adoração e Santa Missa, presidida por Padre Salvador. Nesta noite, o tema trabalhado foi a gula, a vontade de querer ser mais, a ganancia, tanto na vida social, quanto na vida espiritual.
 
Na Sexta Feira (10/04), a Capela São Pedro estava lotada para acolher o 5º dia do Cerco de Jericó. A Adoração ao Santíssimo Sacramento foi conduzida por Padre Salvador e logo em seguida iniciou-se a Santa Missa, presidida pelo convidado super especial, Padre José Borges.
 
Padre Borges, como é conhecido, atualmente é o Vigário do Santuário São Judas Tadeu (Torres Tibagi), e veio participar deste maravilhoso momento de oração em nossa Paróquia. Durante sua homilia, ele abordou como o pecado da ira influencia em nossa vida e o que podemos fazer para ter nosso coração liberto e aberto ao amor de Deus.
 
No Sábado (11/04), a Capela Santa Maria Goretti, ficou pequena para acolher os fiéis que vieram participar do 6º dia do Cerco de Jericó. Recém-reformada, a Capela acolheu a Adoração ao Santíssimo Sacramento e a Santa Missa, presidida por Padre Salvador.
 
Em sua homilia, o padre trabalhou com a luxuria e seu reflexo na vida social e religiosa. Além de nos mostrar como um cristão deve se portar diante deste pecado.
 
Durante cada dia de Cerco, o Santíssimo Sacramento passou entre os fiéis, representando a destruição das muralhas e a libertação do povo de Deus de todos os pecados que os afligiam.
 
No Domingo (12/04), todas as capelas se reuniram na Paróquia Santa Cruz e Nossa Senhora Aparecida, para juntas celebrarem o 7º e último dia do Cerco de Jericó. Todos os pedidos recolhidos nos 6 dias de Cerco, foram depositados num baú para serem apresentados ao Senhor.
 
O Encerramento do Cerco de Jericó 2015 teve início com a Adoração ao Santíssimo Sacramento, conduzida por Padre Salvador e Seminarista Fábio Lima. A Santa Missa, presidida por Padre Salvador e com a participação dos Seminarista Fábio Lima e Tiago Ferraz, foi iniciada às 19h10.
 
Durante a homilia, Salvador nos relembrou os temas trabalhados durante o cerco (preguiça, inveja, soberba, gula, ira e luxuria) e deu uma pequena catequese sobre a avareza, tema da 7ª noite. Foi-nos apresentado tanto a avareza social (avareza nas relações sociais e na vida em sociedade), quanto a avareza espiritual (o afastamento de Deus e a certeza de não haver mais necessidade de procurar manter uma vida condizente com os ensinamentos de Cristo).
 
Após a comunhão, deu-se início as voltas do Santíssimo em torno da assembleia, derrubando todas as muralhas e libertando os fiéis de todos os males e pecados, num verdadeiro momento de renovação em nossa Paróquia.
 
Ao final da Santa Missa, houve a queima de todos os pedidos, recolhidos em todas as Capelas onde o Cerco esteve e colocados no Baú de Intenções. Isso aconteceu como sinal de verdadeira mudança de vida e entrega à Cristo Ressuscitado.
 
Destacamos o belíssimo trabalho da Renovação Carismática Católica, bem como da Pastoral da Liturgia e demais pastorais que trabalharam na organização do Cerco de Jericó em nossa Paróquia.
 

As informações são da Pascom da Paróquia Santa Cruz e Nossa Senhora Aparecida.
Compartilhe:
Facebook
TWITTER
YOUTUBE
Instagram

Leave A Reply