quarta-feira , 27 agosto 2014

Eleições 2012 – Carta do Bispo de Guarulhos

Caríssimos fiéis da Igreja Católica e demais habitantes da cidade de Guarulhos,
A paz do Senhor Jesus Cristo esteja convosco!

Em vista das eleições municipais que se aproximam no próximo mês de outubro de 2012:

Todos são chamados a exercer um dos mais expressivos deveres como cidadãos – o voto livre e consciente, para a eleição do Prefeito Municipal e dos Vereadores – que durante quatro anos governarão a nossa amada cidade de Guarulhos.

A Política tem como finalidade a busca e a construção do bem comum. Todos devem estar conscientes de que a comunidade é edificada por aquilo que cada um oferecer de si e colocar em comum e NÃO pelo que cada um buscar sugar da comunidade, na convivência diária com os outros.

Somos chamados a participar do processo político-eleitoral, impulsionados e guiados pela fé, esperança e caridade, a fim de tornar presente a ação do Espírito Santo, que aponta o caminho a partir dos sinais dos tempos e inspira os que se comprometem com a construção da justiça e da paz em favor de todos, sem exceções.

As eleições municipais abarcam os projetos que discutem os problemas mais próximos do povo: educação; saúde; segurança; trabalho; transporte; moradia; ecologia; lazer; liberdade religiosa; promoção e defesa da família; defesa da vida desde a concepção até à morte natural; a prática dos princípios de subsidiariedade e solidariedade; além de tudo o que for necessário para que as pessoas tenham vida e vida em plenitude.

As eleições municipais são um processo eleitoral com maior participação da população porque os candidatos são mais visíveis no cotidiano da vida dos eleitores. Os eleitores, quanto aos eleitos, devem acompanhar, seguir e sugerir políticas públicas que respondam às necessidades da cidade em geral e dos bairros, em particular.

O seu voto é pessoal e intransferível.

O que você fizer tem conseqüências para a sua vida pessoal, familiar, do seu Bairro, da Cidade inteira, do Estado e do País. As eleições são, portanto, o momento propício para que se invista, coletivamente, na construção da cidadania, solidificando a cultura da participação e os valores que definem o perfil ideal dos candidatos.
Os candidatos devem ter seu histórico de coerência de vida e discurso político referendados pela honestidade, competência, transparência e vontade de servir ao bem comum. Os valores éticos devem ser o farol a orientar os eleitos, em contínuo diálogo entre o poder local e suas comunidades.

Nós eleitores, fiquemos de olhos abertos para a “Ficha Limpa” dos candidatos e não compactuemos com a compra ou venda de votos. Espera-se da sociedade a mobilização, como já ocorre em vários lugares, dando-se importante passo para colocar fim à corrupção, que ainda envergonha o nosso país. O exercício da cidadania, no entanto, não se esgota no voto. É dever, especialmente de quem vota; a co-responsabilidade na gestação de uma nova civilização, fundamentada na defesa incondicional da vida, desde a fecundação até a morte natural; na promoção do desenvolvimento sustentável, possibilitando a justiça social e a preservação do planeta.
Para o cristão, participar da vida política do município e do país é viver o mandamento da caridade como real serviço aos irmãos, pois “A política é uma maneira exigente de viver o compromisso cristão a serviço dos outros”.

A Imaculada Conceição, Padroeira de Guarulhos, abençoe o nosso povo e ilumine candidatos e eleitores no exigente caminho da verdadeira política: promover o bem comum e o direito à vida plena para todos.

Dom Joaquim Justino Carreira
Bispo Diocesano de Guarulhos

4 comentários

  1. Muito bom, essa carta de Dom Joaquim, afinal voto não tem preço, tem consequencia.

  2. Ah! q bom seria, que todos os moradore da cidade de Guarulhos, tivesem a oportunidade de poder ler essa carta, assim votaria com muito mais conciência, e sabedoria!!

  3. José Firmino Sobrinho

    Todo povo carece de lideres de verdade, que inspire confiança, segurança e que conduza os seus liderados com espirito de sabedoria e humildade. Dom Joaquim, que Deus o capacite cada vez mais como líder espiritual de nossa cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>