Assembleia das Igrejas Particulares

“Para que todos possam voltar para as dioceses com o espírito missionário renovado ou despertado “. Com essas palavras, o presidente do Regional Sul 1 da CNBB e arcebispo metropolitano de Campinas, dom Airton José dos Santos, encerrou a sessão de encerramento dos trabalhos da 39ª. Assembleia. Após três dias de muitas discussões acerca do tema “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e luz do mundo”,  aconteceu no auditório Rainha dos Apóstolos do Centro de Espiritualidade Inaciana, em Itaici, Indaiatuba, SP, entre os dias 20 a 22 de outubro a 39ª. Assembleia das Igrejas Particulares do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que compreende as dioceses do estado de São Paulo. A assembleia recebeu mais de 260 participantes, entre Bispos, padres, leigos e leigas que atuam nas dioceses do estado de São Paulo

As principais conferências foram as “Formação dos cristãos leigos e leigas para a participação na vida social e política como um processo de iniciação a Vida Cristã” e “O Processo de Iniciação à Vida Cristã para formar cristãos leigos e leigas para a participação à vida social e política” e “Ano do Laicato”.

O assessor do Setor Leigo da Comissão da CNBB, Laudelino Augusto dos Santos Azevedo, abriu a conferência de abertura de assembleia. O assessor destacou que o processo de formação é essencial para a vida dos leigos e leigos, pois ninguém está pronto, de modo que se sintam sujeitos eclesiais. Ressaltou que os documentos 105 e 107 estão iluminados pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e do documento 100. Laudelino teve como base para desenvolver sua reflexão o capítulo III do documento 105, com os seguintes itens: 1. A Igreja, comunidade missionária; 2. Uma espiritualidade encarnada; 3. A presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; 4. A formação do laicato; 5. A ação transformadora do cristão leigo no mundo; 6. A ação dos cristãos leigos e leigas nos areópagos modernos. 7. Indicativos e encaminhamentos de ações pastorais; 8. Compromissos.

Já no segundo dia o bispo auxiliar de São Paulo, dom José Roberto Palau, abriu os trabalhos fazendo uma reflexão sobre a Iniciação à Vida Cristã, a partir do texto do encontro de Jesus e a Samaritana. A palestra foi dividida em quatro partes principais: Introdução,  Caminho feito (VER); Caminho Revisto (julgar); Caminho Proposto (Agir).

A Comissão para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial esteve em pauta com o lançamento de vídeos, folders, banners das Ações missionária na Amazônia e na diocese de Pemba (Moçambique, África). A iniciativa é sensibilizar e despertar a consciência missionária na Igreja do estado de São Paulo.

O bispo de Guarulhos (SP), dom Edmilson Amador Caetano, presidente da Comissão Episcopal para o Laicato, Vida e Família do Regional Sul 1 da CNBB proferiu a conferencia sobre o Ano do Laicato.

Comments are closed.